FSK-8.png

Mestres

Shinken Taira

Shinken Taira, também chamado Maezato ou Mōsa, nasceu em 12 de junho de 1897, em Nakazato, Kume. Ostentava os títulos Meiyo-shihan, recebido de Fujita Seiko (1899-1966), décimo quarto diretor de Kōgaryū Ninjutsu e presidente do Instituto de Estudos das Antigas Artes Marciais Japonesas, e Hanshi, outorgado pela Zen Nippon Kobudō Renmei (Federação de Kobudō de todo o Japão).

 

Shinken Taira foi discípulo de Gimu Kanegawa, Gichin Funakoshi, Mōden Yabiku, Kenwa Mabuni e Jinsei Kami’ya, mestres com os quais aprendeu Karatedō, Bō-jutsu, Sai-jutsu, Tonfā-jutsu, Nunchaku-jutsu, Suruchin-jutsu, Tinbē-jutsu, Tekkō-jutsu e Nichō-kama-jutsu.

 

Suas contribuições foram muitas, tanto no campo do Karatedō como do Kobudō, ensinou na Escola Militar de Toyama, na Universidade de Chuo, na Universidade de Waseda, na Universidade Médica Japonesa, na Universidade Keiō, na Universidade de Hōsei, na Faculdade Agrícola Tōkyō, na Universidade “Salão da Nação”, Universidade Nacional, etc. Ao lado de Gichin Funakoshi, participou em fotos no livro Karatedō Nyūmon de Kenwa Mabuni publicado em 1938 e no livro Karatedō Taikan de Nakasone Genwa. Sua maior realização foi a divulgação do Kobudō por todo o Japão. Participou no “Encorajamento do Espírito de Luta” do Departamento da Marinha. Reestabeleceu a Ryūkyū Kobudō Kenkyū-kai, entidade fundada por seu mestre Mōden Yabiku. Fundou da Ryūkyū Kobudō Hozon Shinkō-kai, entidade em atividade até nossos dias. Foi Vice-presidente e Presidente da Kokusai Karate Kobudō Renmei e participou de fotos e filmagens para o Museu Nacional dos Estados Unidos em Washington. Além disso, deixou como herança o livro Ryūkyū Kobudō Taikan, que foi traduzido para o inglês e traz alguns Kata essenciais de Bō, Sai, Tonfā e Nunchaku, bem como o histórico do Kobudō e suas principais armas.

 

Entre seus discípulos figuram nomes conhecidos dentro da história do Karatedō e do Kobudō. Yasuhiro Konishi (1893-1983), Tatsuo Shimabukuro (1908-1975), Yuchoku Higa (1910-1944), Ryūshō Sakagami (1915-1993), Motokatsu Inoue (1918-1993) líder da Yuishinkai, Ken’ei Mabuni (1918-2015), Teruo Hayashi (1924-2004), Eisuke Akamine (1925-1998), Eizo Shimabukuro (1925-2017), Shōgō Kuniba (1935-1992) e Masahiro Nakamoto (1938-1998), são alguns nomes de destaque.

 

Shinken Taira morreu em 3 de setembro de 1970, porém seu legado, o Kobudō, permanece vivo.

 

Shinkō Matayoshi

Shinkō Matayoshi, também chamado Shinbaru Mateshi (Matayoshi de Shinbaru) ou Kama nu ti Mateshi (Matayoshi do Kama), nasceu em 18 de maio de 1888, em Kakinohana, Naha, em uma família de guerreiros (Shizoku).

 

Shinkō Matayoshi foi discípulo de Shinchin Matayoshi, Chokuhō Agena, Matsutaro Ire, Jitude Ire, nômades mongóis (conhecidos como Bazoku, ou povo selvagem), Gokenki, Roshi Kingai, Sanrā Chinen, Ryokō Shishi, Chōjo Ōshiro, mestres com os quais aprendeu Bō-jutsu, Sai-jutsu, Kama-jutsu, Ēku-jutsu, Nunchaku-jutsu, Tonfā-jutsu, Báihè-quán, Quán-fǎ, Tinbē-jutsu, Nunti-jutsu, Suruchin-jutsu, Shuriken-jutsu, Kingai-ryū, Sansetsukon-jutsu, Ba-jutsu e Nagenawa-jutsu.

 

Suas contribuições foram muitas, tanto no campo do Karatedō como do Kobudō, foi o primeiro a demonstrar o Kobudō de Okinawa no Japão continental, fundou um grupo de estudo de artes marciais (Kenkyūkai), demonstrou as artes marciais de Okinawa para o então príncipe herdeiro Hirohito no grande salão do Castelo de Shuri, participou de uma cerimônia memorial para o imperador Meiji, no santuário de Meiji, em Tóquio. Shinkō Matayoshi não deixou heranças escritas para a posteridade.

 

Suas contribuições foram muitas, tanto no campo do Karatedō como do Kobudō, foi o primeiro a demonstrar o Kobudō de Okinawa no Japão continental, fundou um grupo de estudo de artes marciais (Kenkyūkai), demonstrou as artes marciais de Okinawa para o então príncipe herdeiro Hirohito no grande salão do Castelo de Shuri, participou de uma cerimônia memorial para o imperador Meiji, no santuário de Meiji, em Tóquio. Shinkō Matayoshi não deixou heranças escritas para a posteridade.

 

Entre seus discípulos destaca-se seu filho, Shinpō Matayoshi, herdeiro de sua tradição de Kobudō e fundador da Zen Okinawa Kobudō Renmei.

 

Em seus anos mais recentes, retornou para Naha, Okinawa, onde passou a maior parte do tempo ensinando e treinando soldados. Shinkō Matayoshi morreu em maio de 1947.

 

Referências

BISHOP, Mark D. Okinawan Karate (Kobudo & Te), Teachers, styles and secret techniques. Q&I Publications, 2017a.

BISHOP, Mark D. Okinawan Weaponry, Hidden Methods, Ancient Myths of Kobudo & Te. Lulu.com, 2017b.

BISHOP, Mark. Zen Kobudô: ‘Mysteries’; History of Okinawan Weapons Te & Karate. Tuttle Publishing, 2016.

JOHNSON, Robert. Trade, War, Privilege and the path to Matayoshi Kobudo. Defense Arts Center. January 24, 2016.

LOHSE, F.; CLAYTON, M. What is Matayoshi Kobudo? Published July, 2016.

MCCARTHY, Patrick; MCCARTHY, Yuriko. Ancient Okinawan Martial Arts Volume 1: Koryu Uchinadi. Tuttle Publishing, 2011a.

MCCARTHY, Patrick; MCCARTHY, Yuriko. Ancient Okinawan Martial Arts Volume 2: Koryu Uchinadi. Tuttle Publishing, 2011b.

MOLEDZKI, S. My Way of Kobudo: (Okinawan/Japanese) Book One. FriesenPress, Canada, 2015.

MURAKAMI, Katsumi. Saijutsu: traditional Okinawan weapon art. Tuttle Publishing, 2000.