• FSK

Estadual terá Técnicos


Com o intuito de adequarmos o nosso Campeonato Estadual, aos demais de nossa Confederação, achamos por bem liberar a atuação dos técnicos de equipes. Sabemos que é de extrema importância para os nossos atletas. Se conseguirmos que desde tenra idade eles (os atletas), possam contar com uma voz experiente e conhecida durante o combate, com certeza sairão vitoriosos e com isso promovemos o nosso Estado a um patamar de destaque em âmbito nacional.

Mas para que possamos fazer esta presença uma constante em nossos eventos precisará da colaboração de todos, pois o nosso quadro de arbitragem não pode ser penalizado. Sabendo que é importante para as agremiações a pessoa do técnico pedimos que mantenham o mesmo pensamento quanto ao quadro de arbitragem. Sem árbitros não podemos realizar nossos eventos.

Para incluirmos os Técnicos, em nossos eventos iniciaremos com algumas regras para que possamos equalizar a questão de Árbitros x Técnicos.

1º. Todo Técnico de equipe deve participar do Curso de Arbitragem que será realizado sempre antes das competições, em datas previamente anunciadas pela Federação.

2º. O Técnico deve estar uniformizado com camiseta, agasalho ou uniforme que identifique sua agremiação. Não será permitido Karate-gi como uniforme.

3º. Seguiremos o regulamento da CEEBK (Confederação Esportiva e Educacional Brasileira de Karate), quanto a atuação dos técnicos conforme Item VII do regulamento de arbitragem de 2018. FSK - Federação Sul Riograndense de Karate

4º. O credenciamento nas competições somente se dará após a confirmação de que o quadro de árbitros está completo. A liberação será dada pelo Diretor de arbitragem, então os técnicos das agremiações poderão solicitar suas credenciais junto à mesa organizadora.

5º. Essa credencial será pessoal e intransferível.

Ricardo Silveira

Diretor de arbitragem FSK

#FSK #CEEBK #Competição #Karate

0 visualização0 comentário